Iniciativas comunitárias


Uma marca distintiva da Ronda 2022 é o empenho em envolver toda a comunidade na celebração da poesia e da liberdade. Assim, durante os 4 dias do festival estão previstas dezenas de iniciativas de grande valor social e cultural, dinamizadas por um conjunto de instituições, associações e coletividades que responderam com entusiasmo ao apelo da Ronda e se juntam ao festival como parceiros, dinamizando ações em torno da palavra poética.

Em paralelo com o programa aberto ao público, há um amplo leque de atividades a decorrer ao longo do festival, a acontecer um pouco por todo o concelho de Leiria.

Este ano, a Ronda aposta numa programação abrangente, composta por inúmeros contributos que pretendem dar um novo alcance ao festival, levando poesia às escolas, a coretos, praças e restaurantes, a várias IPSS ou mesmo à prisão e ao hospital.

No caso das escolas, além de receberem alguns dos poetas convidados para a Ronda 2022, promoveram dezenas de atividades com os alunos, inspiradas pelo tema «Poesia é liberdade». Estão representados todos os níveis de ensino: desde o pré-primário ao secundário – e até o ensino superior.

No Estabelecimento Prisional de Leiria irá decorrer uma Maratona de Poesia, em que reclusos, guardas e técnicos são convidados a compor textos poéticos da sua autoria, com o verso de Miguel Torga a servir de mote: «Que nem a terra nem o céu te domem» e que depois serão lidos em conjunto por todos, naquele que se adivinha ser um momento emotivo e de grande força simbólica – a poesia como forma de união e libertação.

Durante o dia 22 de abril, vão ser «receitados» poemas nas consultas dos Serviços de Pediatria e Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar de Leiria – que poderão ter a forma de um origami, um avião de papel, um chapéu ou um barco –, com a colaboração da Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP).

No Lar de Santa Isabel realiza-se a 23 de abril, pelas 14h30, uma ação interna em torno da palavra poética, destinada às utentes deste Centro de Acolhimento de Jovens e que será conduzida por Nídia Nair Marques.

Na iniciativa Aqui Ronda o Meu Poema, cada pessoa é convidada a usar livremente o espaço de uma folha de papel para criar o seu poema, exprimindo-se através da palavra ou do desenho. Todas as contribuições serão reunidas e expostas nas escolas participantes e em espaços públicos designados para o efeito, onde ficarão visíveis e podem ser lidos por todos.

Em 2022, a Ronda pretende envolver ativamente as instituições locais e reforça a dimensão da presença e proximidade com todos os públicos.

Esta IV edição do festival vem, assim, dar um contributo decisivo para a crescente valorização cultural do Município de Leiria, sublinhando a sua relevância como polo de criação e divulgação artística.

A Ronda é de todos e para todos. Juntem-se a nós!


Parceiros:

ACILIS, Agrupamento de Escolas de Colmeias, Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira, Agrupamento de Escolas Dom Dinis, Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel, Agrupamento de Escolas de Caranguejeira e Santa Catarina da Serra, Agrupamento de Escolas Dr. Correia Mateus, Agrupamento de Escolas Henrique Sommer, Associação Lar Emanuel, Biblioteca Municipal da Maceira, Centro Hospital de Leiria EPE, Centro Social Paroquial de Pousos, Colégio Conciliar Maria Imaculada, Casa da Árvore - Fraldinhas, Colégio Dinis de Melo, Colégio Doutor Luís Pereira da Costa, Colégio Nossa Senhora de Fátima, Escola Básica 2/3 José Saraiva, Escola Profissional de Leiria, Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do IPL, Estabelecimento Prisional de Leiria - Jovens, InPulsar, Instituto Politécnico de Leiria, Jardim-escola João de Deus, Lar de Santa Isabel - Centro Social Paroquial Paulo VI, Sociedade Artística e Musical dos Pousos, Uniões e Juntas de Freguesia do Concelho de Leiria.


Consulte o PROGRAMA COMUNITÁRIO, com o conjunto das atividades comunitárias da Ronda 2022, disponível na página de entrada deste website.